Costa Verde Web Radio

PSP detém adepto de claque no Campus de Justiça

PSP detém adepto de claque no Campus de Justiça


A PSP deteve pouco depois das 14 horas, no Campus de Justiça, um elemento ligado a uma claque de um clube de futebol, isto na sequência dos incidentes ocorridos entre as claques do Sporting e do Benfica, após o debate instrutório do processo a morte do adepto italiano do Sporting Marco Ficcini, .
A detenção do homem de 35 anos foi feita pelos spotters do Comando de Lisboa, por ameaças, injúrias, coação e resistência à autoridade. A detenção ocorreu depois dos spotters terem começado a seguido adeptos dos No Name Boys e da Juventude Leonina, que se espalharam pelas imediações do Campus de Justiça e que estariam a preparar confrontos.
A primeira intervenção da PSP ocorreu cerca das 13.45 horas, junto de adeptos dos dois clubes e que são arguidos no processo da morte de um adepto italiano, Marco Ficini. A intervenção foi no sentido de impedir eventuais confrontos entre ambos, um ambiente que já se adensava ainda dentro da sala de audiências.
A PSP fez sair primeiro o grupo de adeptos ligado ao Sporting e só depois os arguidos do Benfica. A suspeita é que nas imediações do Campus da Justiça pudessem estar adeptos dos dois clubes e que ocorressem confrontos, o que não aconteceu.
Um forte dispositivo policial rodeou o debate instrutório do caso do atropelamento do adepto italiano do Sporting, que antecedeu um encontro com o Benfica, em abril de 2017.
Elementos da Intervenção Rápida da PSP foram posicionados no acesso ao espaço do Tribunal de Instrução Criminal, onde decorreu o debate instrutório.
Na sala de audiências também havia vários agentes e no exterior eram notórios agentes à civil.
O Ministério Público (MP) pediu, esta quinta-feira, o julgamento do homem acusado de atropelar mortalmente o adepto italiano Marco Ficini junto ao Estádio da Luz, em Lisboa, em abril do ano passado, assim como para todos os restantes 21 arguidos.
Do total de arguidos, 10 são adeptos do Benfica com ligações aos No Name Boys e 12 são adeptos do Sporting da claque Juventude Leonina.
Luís Pina está acusado do homicídio de Marco Ficini e de outros quatro homicídios na forma tentada, e os restantes arguidos estão acusados de participação em rixa, dano com violência e omissão de auxílio.
(Fonte JN)


Sem comentários:

Enviar um comentário