Costa Verde Web Radio

Costa Verde Web Radio

Papa Francisco nomeia luso-canadiano como núncio apostólico
O Papa Francisco nomeou hoje como arcebispo e núncio apostólico o padre luso-canadiano José Avelino Bettencourt, de 55 anos, que desempenhava funções de conselheiro de Nunciatura no Vaticano desde 2012.
O eclesiástico foi ainda designado como núncio apostólico, sendo agora um representante diplomático do Vaticano. 
Em declarações à agência ECCLESIA, José Avelino Bettencourt agradeceu a "grande confiança" do papa e assinalou a "proximidade" de Francisco.
"Sinto-me muito honrado pela confiança que o Santo Padre depositou em mim. O núncio apostólico tem um papel de servir o Papa, a unidade, o povo, de ser voz daqueles que não têm voz: basta pensar na síria, no Congo ou no Sudão. Muitas vezes a Igreja consegue dar voz àqueles que não têm voz", assinalou.
Apesar de desconhecer o destino, o novo núncio mostrou "muita vontade de ir ao encontro de outros povos e servir a Igreja".
"Eu abracei o cargo que me foi dado há cinco anos e meio e continuo a abraçar a missão que é posta à minha frente, é o que dá sentido à vida de sacerdote, ao serviço à Igreja. E eu tenho trabalhado com o coração e de boa vontade", acrescentou o novo arcebispo.
José Avelino Bettencourt é natural dos Açores e iniciou a sua vida na Igreja no Canadá, onde foi ordenado padre em 1993.
Mais tarde, frequentou a Academia Eclesiástica em Roma, na qual se formou em Direito Canónico, trabalhando depois na representação diplomática do Vaticano na República Democrática do Congo.
O papel do núncio, normalmente um arcebispo, é semelhante ao de um embaixador, representando a Igreja católica perante os Estados e algumas organizações internacionais.

Sem comentários:

Enviar um comentário